sábado, 4 de junho de 2011

O fogo do juízo final

Queima meus pensamentos,
confunde minhas ações,
me faz duvidar de minha sanidade,
afinal o que terá sido certo?

De repente o certo virá errado,
o errado é incerteza,
confusão, loucura, duvidas
tudo parece se encaixar perfeitamente,
mas onde estarão as regras traçadas?

Piada,
são apenas papeis que para nada servem agora,
cada um faz suas regras e segue como bem entender,
e então quem dirá quem merece ser salvo ou não?

A duvida,
razão da existencia de todos nós,
sem ela acreditariamos em tudo veemente
e o mundo seria estranho.
Estranho para seres que vivem na duvida,
permanecem na duvida
e oprimidos.

Opressão,
palavra forte, impactante,
presente no mundo, na vida,
em casa, na sociedade.

Um comentário:

Meu diário de vida. disse...

Saudades de você! Não para de postar. Fiquei afastada mais voltei.bjus.